Connect with us

Alentejanos

Agente da ASAE entra onde não devia

Published

on

Um agente da ASAE vai a uma propriedade e diz ao dono, um velho agricultor:

– “Preciso inspeccionar a sua propriedade. Há uma denúncia de plantação ilegal.”

O agricultor diz:

-“Ok, inspeccione o que quiser, mas não vá àquele campo ali.”

E aponta para uma determinada área.

O agente da ASAE diz indignado:

– “O senhor sabe que tenho o poder da autoridade comigo?” E tira do bolso um crachá mostrando ao agricultor:

– “Este crachá dá-me a autoridade de ir onde quero…. e entrar em qualquer propriedade. Não preciso pedir ou responder a nenhuma pergunta. Está claro? Fiz-me entender?”

O agricultor, muito educado, pede desculpa e volta para o que estava a fazer.

Poucos minutos depois, ouve uma gritaria e vê o agente de autoridade a correr para salvar e sua própria vida perseguido pelo Asdrúbal, o maior touro da quinta.

A cada passo o touro vai chegando mais perto do agente, que parece que será apanhado antes de conseguir alcançar um lugar seguro. O agente está apavorado.

O agricultor larga as ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:

– “O Crachá, mostre-lhe o CRACHÁ!”

Comenta através do facebook, o teu comentário é muito importante para nós!
Continuar a ler
Advertisement

Alentejanos

A carta de uma mãe alentejana que emociona qualquer um

Published

on

Mê querido filho,

Ponho-te estas poucas linhas que é para saberes que tôu viva.

Escrevo devagar porque sei que não gostas de ler depressa. Se receberes esta carta, é porque chegou. Se ela não chegar, avisa-me que eu mando outra.

O tê pai leu no jornal que a maioria dos acidentes ocorrem a 1 km de casa. Por isso, mudámo-nos pra mais longe.

Sobre o casaco que querias, o tê tio disse que seria muito caro mandar-to pelo correio por causa dos botões de ferro que pesam muito. Assim, arranquei os botões e meti-os no bolso. Quando chegar aí prega-os de novo.

No outro dia, houve uma explosão na botija de gás aqui na cozinha. O pai e eu fomos atirados pelo ar e caímos fora de casa. Que emoção: foi a primeira vez, em muitos anos que o tê pai e eu saímos juntos.

Sobre o nosso cão, o Joli, anteontem foi atropelado e tiveram de lhe cortar o rabo, por isso toma cuidado quando atravessares a rua.

Na semana passada, o médico veio visitar-me e colocou na minha boca um tubo de vidro. Disse para ficar com ele por duas horas sem falar.

O tê Pai ofereceu-se para comprar o tubo.

A tua irmã Maria vai ser mãe, mas ainda não sabemos se é menino ou menina. Portanto, nã sei se vais ser tio ou tia.

O tê mano Antóino deu-me hoje muito trabalho. Fechou o carro e deixou as chaves lá dentro. Tive de ir a casa, pegar a suplente para a abrir. Por sorte, cheguei antes de começar a chuva, pois a capota estava aberta. Se vires o Sr. Alcino, diz-lhe que mando lembranças. Se nã o vires, nã lhe digas nada.

Tua Mãe Mariana

PS: Era para te mandar os 100 euros que me pediste, mas quando me lembrei já tinha fechado o envelope. DESCULPA a minha lêtra, mas eu tenho andado muito rouca.

Comenta através do facebook, o teu comentário é muito importante para nós!
Continuar a ler

Alentejanos

O alentejano e os espanhol

Published

on

Tinha acabado de chegar ao Alentejo uma excursão de espanhóis. Ao verem um alentejano, o guia comunicou aos passageiros:

– Ahora me voy hablar con ese portugues alentejano… – e foi ter com o alentejano:

– Hola, como te llamas?

– Toino…

– Yo también me llamo Antonio ! Cual és tu profesión ?

– Sou músico…

– Yo también soy musico… Y que tocas ?

– Toco trompete, e tu ?

– Yo también toco trompete. Una vez fue a la Fiesta de Nuestra Señora de los Remédios y toqué tan bien, que a Señora bajó del andor y empezó a llorar.

E replicou o alentejano:

– E ê fui uma vez à Festa do Senhor dos Passos e toquei tan bem, tan bem, que o Senhor largou a cruz, agarrou-se a mim e disse-me: ‘Ah, ganda Toino, tocaste melhor que o c***** do espanhol que fez chorar a minha mãezinha.

Comenta através do facebook, o teu comentário é muito importante para nós!
Continuar a ler

Alentejanos

Os animais alentejanos que falam

Published

on

Vai um grupo de amigos numa viagem de carro por a zona do Alentejo e no meio desse grupo havia um deles que era ventríloquo.

Ao passarem numa herdade enorme um deles tem uma ideia, eh pá, diz ele para os outros, e se fossemos gozar um pouco aqui com o Agricultor dono desta herdade usamos aqui os dotes de ventríloquo do António e convencemos o Agricultor que os animais que ele tem na herdade falam?

Lá concordam todos em entrar na brincadeira e param o carro, la vão direitos a um senhor que estava na porta da herdade e perguntam quem é o proprietário da herdade e ele responde que a propriedade é dele, então – um deles aproveita a deixa e diz ao Agricultor – oh meu caro senhor, o senhor sabe que se souber fazer as perguntas certas aos animais daqui da herdade eles falam :

Agricultor: ai não brinque comigo há 50 anos que tenho esta herdade e nunca ouvi nenhum animal falando.

Então o António que é o ventríloquo aproveita a deixa e diz:

António: ai falam falam quer ver, esta ali aquela égua quer ver eu a falar com ela, oh sra. égua quem é que costuma ter relações sexuais contigo.

Égua (António): é o cavalo que me vem comer todas as noites.

Agricultor: eh cum caneco Deus seja louvado, não é que a égua falou mesmo?! nunca tinha falado comigo!

António: quer ver ali a galinha a falar.

Agricultor: ai na me diga que a galinha também fala.

António: Quer ver, oh sra. galinha quem é que costuma ter relações sexuais contigo?

Galinha (António): é o galo que me vem tratar do assunto todas as noites.

AGRICULTOR : Ai meu Deus não é que a galinha falou mesmo.

António : Quer ver ali a vaca a falar também.

Agricultor : ai essa não, ui meu Deus, essa aí é melhor não perguntar nada que ela é muito mentirosa.

Comenta através do facebook, o teu comentário é muito importante para nós!
Continuar a ler

Tendências